Tags

, , , , , ,

Por @TaianAoki mais em O Diário Semanal

Ouça enquanto lê

– Bom, então encerramos esse assunto por hoje?

– Acredito que sim. Você já arrumou a grana?

– Claro que sim, você não confia em mim, caralho?

– É lógico que confio, do contrário como eu estaria nessa com você? Foi só pra confirmar.

– Sei… Bom, mas a grana já está no esquema também. Agora é só você fazer sua parte e ninguém nunca vai saber de nada.

– Certo. Vamos tomar um whisky para selar o acerto do negócio.

– Por que não?

E um deles se levantou e tratou de pegar em seu armarinho particular um whisky reserva especial que estava reservado para momentos como aquele. Reuniões de negócio bem sucedidas. Duas pedras de gelo em cada copo e um brinde para selar o negócio.

– À prosperidade.

– À prosperidade.

E tomaram silenciosamente o gole daquele maravilhoso líquido, saboreando seu paladar amadeirado. Deviam proibir safras de oito e doze anos. Aquilo sim era um whisky de verdade. Vinte e um anos em um barril de carvalho, esperando o ponto certo para ser extraído. Nem antes, nem depois disso.

– Você trouxe? – perguntou o que servira o whisky. O outro nem precisou perguntar, já sabia do que ele estava falando.

– Trouxe. – e ele tirou do bolso um envelopinho que continha um pozinho branco bem fino. Nada mais justo ele fazer sua parte, já que o outro entrara com o mais fino dos destilados. Ele esticou duas carreiras do pó branco sobre a carteira e estendeu para o outro, junto com uma cédula bege com uma onça desenhada nela. O outro pegou a cédula, enrolou e cheirou toda a carreira. Depois foi a vez do primeiro. Suas pupilas se dilataram instantaneamente.

– Vamos indo então?

– Vamos.

E eles seguiram rumo à porta de saída.

– Ah, mais uma coisa.

– Sim?

– Amanhã é o dia que aquele naturalista chato vai falar da legalização, lembra?

– Ah sim… mas isso não me preocupa não. A maconha não vai ser legalizada tão cedo não. Pode ficar tranquilo.

– Será? Talvez fosse melhor a gente começar a molhar uns bolsos…

– Nããão… guarde seu dinheiro para coisas mais importantes. Escute o que eu to te falando, aqui essa tal de legalização não sai tão cedo. É muita grana envolvida, você não tem idéia do quanto de dinheiro vem do combate contra as drogas. E você sabe que a maconha é que é a responsável pela maior parte dessa verba.

– Mas ele prometeu falar de tráfico e o caramba…

– Aí é pior ainda… imagina a revolta da polícia que ia gerar, eles iam perder o ganha-pão deles no morro. Acredite em mim, aquele naturalista velho vai falar pras paredes, por que o verdinho causa bem menos estresse sendo proibido.

– Bom, se você diz…

– Confie em mim. Essa legalização não sai. Preciso ir lá, tenho que passar na escola do governo pra garantir a reserva da matrícula dos meus filhos ano que vem.

Anúncios