Imagem

Por @Rico_Correia

É incrível o tanto que falta de atenção, distração e insensibilidade são males que passam desapercebidos há alguns e quase não machuca durante muito tempo. São apenas pequenos esbarrões que bem diferente de tapas, socos e pancadas. Não dói de uma vez e passa aos poucos, mas machuca aos poucos, deixa vermelho, fere até que cicatriza e residem ali com uma lembrança clara e forte de algo que aconteceu e não passam mais.

São falhas tão absurdas, que mesmo percebendo e recebendo dicas, conselhos e indicações que não poderiam ser mais claras, elas são ignoradas e encaradas de forma leviana.

– Merda, eram atitudes tão simples, coisas tão pequenas que poderiam ter feito uma diferença tão grande..

– Vamos lá, nada disso é novidade. Está tudo aí dentro, tudo você já sente, tudo você já conhece, certo? Você só, por algum motivo, (que eu vou ignorar agora, não creio que algo assim exista) não demonstrou e sinceramente NÃO, só falar não adianta. Do fundo do meu coração se você não se tocou disso agora, se você não percebeu agora que a infinidade de sutilezas se juntaram em algo grande, seu imbecil, eu desisto de você.

-Mas eu sinto de verdade tudo isso aqui dentro e eu sempre fiz questão de falar.

– CARALHO, eu acabei de deixar claro, falar não adianta, você precisa mostrar. Vou explicar assim pra ver se você entende. Magia, ok? Em boa parte dos livros de fantasia magia é composta pelo que? Que tipo de componentes?

– Gestual, Vocal e físico.

– Exato! Encare o amor  como algum tipo de magia, e na verdade se existe algo que soa meramente parecido com isso no mundo é o amor, você precisa de todos os componentes para que esta magia der certo, precisa por nele sua voz, seus gestos e todos os componentes físicos que ela precisa pra ser realizada.

-Faz, sentido…

-Não, não faz, e não precisa fazer sentido, isso não é uma operação matemática, sentido não é necessário, sentimento sim, não precisa racionalizar isso, só sinta, se você quiser colocar isto dentro da sua lógica egoísta que põem você e sua folga..

– Mas…

– Não me contradiga. Você é sim uma das pessoas que mais egoístas e folgadas que nós conhecemos, pare e repense alguns segundos apenas.. só alguns e veja bem isso

– Você tem razão…

– Sentido, razão, lógica… PORRA, DÁ PRA PARAR DE USAR ESSAS PALAVRAS UM POUCO? Você acha que o que ela está pedindo é muito?

– Não.

– Você acha que o que ela está pedindo é difícil ?

– Não.

-Você acha que o  que ela está pedindo é demais e que você não conseguiria realizar?

– Não, claro que não, eu consigo fazer isto

-Ultima pergunta, ok? Você quer realizar isto?

– Muito, Eu quero de verdade ser a pessoa que ela merece.

– Por quê?

– Primeiro por que eu quero ser uma pessoa melhor, segundo por que ela merece e terceiro por que eu quero merecer ela.

– Humm enumerou as razões,  você continua muito lógico,  mas acho que o caminho é mais ou menos esse. Vamos fazer assim, deixa eu assumir mais vezes, ok? Fica ali no fundo calculando o que  você quiser calcular e para de se meter quando eu quiser fazer alguma coisa, que tal?

– Poderia funcionar!

– Ou não, mas neste caso, eu acho que não é o que ela espera mas talvez seja o que ela precise. Você tem uma boa memória quando você quer… lembra desta música?

– Sim, ela adora.

– É e como você se sente com quase todos versos dela fazendo todo o sentido já hoje?

– …

– Finalmente, consegui te fazer parar de responder, nesta musica ela pede 3 coisas extremamente simples, e são as mesmas que ela te pediu, pois tente resolver essa bagunça agora, antes que o resto da música faça sentido por completo.

Depois, de um longo tempo, mais do que o coerente, o coração ganhou uma disputa com o cérebro e as palavras mais sinceras saíram finalmente da pela boca.

– Me desculpa, dança comigo?

Anúncios